Portugal já admite Guiné Equatorial na CPLP

by Miguel Romão

É notícia do Expresso. Durante anos, Portugal recusou a entrada da Guiné Equatorial na CPLP. Com muitas e boas razões, acrescento eu. Não vejo qualquer relevância em prestar este serviço à ditadura, como já há poucas, do facínora Obiang, que não tem qualquer ligação política, económica ou cultural significativa com o nosso país. Acredito que a CPLP merece ser bem trabalhada entre o conjunto de países que a forma actualmente. Crescer por crescer, como a UE de resto tem feito, é deitar por terra o que de bom se fez. E mais grave que isso: neste caso é dar legitimidade na cena internacional a um estado que não a merece. Não vejo a hora de Machete desaparecer das Necessidades…

Anúncios